sábado, 1 de agosto de 2009

Harry Potter é satânico? II

Alguns trechos do livro Os segredos espirituais de Harry Potter da fervorosa cristã norte-americana Connie Neal, o título em inglês do livro é ainda mais sugestivo (para aqueles que acham que a obra, na verdade, é de Satã): The Gospel according Harry Potter (O Evangelho segundo Harry Potter). Vamos lá, um pequeno trecho da página 14 e 15:

“Quando a apresentadora do Today Show Katie Couric perguntou a J. K. Rowling sobre acusações de que ela estaria usando Harry Potter para atrair crianças para o satanismo, ela negou na lata. Ela disse: “As pessoas tendem a achar nos livros o que elas procuram”. É isso que eu quero dizer. Algumas pessoas procuram o sobrenatural, e se elas estiverem bem-informadas em relação à feitiçaria e aos rituais ocultos do mundo real, elas podem encontrá-los nos livros. Há, realmente, pontos de semelhança para leitores que não fazem uma distinção clara entre essas histórias de fantasia e da vida real.[...] elas podem apontar partes específicas dos livros e dizer: “Viu?” e as pessoas podem enxergar essas formas com sua ajuda.”

Agora um trecho bastante didático, onde a autora cita outros cristãos como C.S. Lewis e J. R. R. Tolkien, nas páginas 16 e 17: 

“Distinções dúbias estão sendo feitas entre as obras de C. S. Lewis e J. R. R. Tolkien, em oposição às de J. K. Rowling. A mais básica é a sugestão de que já que Tolkien e Lewis eram abertamente cristãos e admitiram que sua fé colaborou em sua fantasia- na verdade, era parte integral-, tudo bem com sua fantasia. No entanto, como J. K. Rowling tem sido reservada quanto a anunciar suas crenças religiosas (embora ela declare abertamente sua fé em Deus e frequente a Igreja da Escócia), críticos tratam sua fantasia como de um tipo diferente e inerentemente perigosa."

Nós realmente queremos determinar o que iremos ou não iremos ler, com base no fato de determinado autor compartilahr ou não a nossa fé religiosa? Se for assim, importa que Tolkien era católico e Lewis era um protestante anglicano? Aqueles que fizessem tais distinções leriam apenas o que fosse escrito por aqueles de sua determinação? Os cristãos não só estão fazendo essas escolhas, para eles, mas alguns estão buscando banir tais obras da cena pública, ameaçando assim nossa tão estimada liberdade. Os cristãos seguiram um caminho parecido na Idade das Sombras.

Será a nossa fé tão frágil a ponto de não ousarmos conhecer o que aqueles de um segmento diferente do cristianismo, ou aqueles com históricos religiosos diferentes, estão pensando?[...] O tipo de crítica literária que vem sendo usada por alguns cristãos para desacreditar Harry Potter, enquanto promovem a fantasia de Tolkien e Lewis, certamente não é a que Tolkien e Lewis ensinaram a seus alunos.”

3 comentários:

  1. André, o seu post está ótimo, mas eu não sou chegado em Harry Potter.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  2. Seu post está muito bom, não li e nem assisti nada do Harry Poter.

    ResponderExcluir
  3. Harry potter é uma merda de uma cópia descarada e diluída do Livros da Magia, q é bem mais intelressante pq tem uma abordagem mais inteligente.

    E se a os fundamentalistas cristãos acreditam a Rowling, com seu enredo água com açúcar, é satânica, imagine o q não pensariam se chegassem a entender a profundidade e a contundência dos questionamentos encontrados nas primeiras obras da Anne Rice, ou mesmo as idéias q perpassam os trabalhos de certos quadrinistas atualmente.

    ResponderExcluir

1. Seja polido;

2. Preze pela ortografia e gramática da sua língua-mãe.