sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Dilma quer retorno de imposto semelhante a CPMF.




Isso porque, segundo Lula e a presidenta, "não há de onde tirar dinheiro para a saúde".

Oras, 1% de redução na taxa SELIC, significa cerca de 13 bilhões a menos no mercado financeiro. Não é possível reduzir a taxa e investir na saúde?

Oras, de onde foi tirado, no princípio, o dinheiro para as políticas assistencialistas do governo?

Oras, sem "aumento" da carga tributária, o governo arrecadou 1 trilhão de reais, 50 dias antes do ano passado, graças ao incentivo de crédito proporcionado por ele próprio, não é possível investir esse dinheiro em saúde?

Ah, conta outra!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

1. Seja polido;

2. Preze pela ortografia e gramática da sua língua-mãe.