sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Impressões sobre Harry Potter e as Relíquias da Morte parte 1


Assisti ontem, às 15:10 a primeira parte do último filme da saga - As Relíquias da Morte. No Cinemark do Shopping Tatuapé. A sessão estava vazia (normal, levando em conta dia, hora e o fato do filme já estar em cartaz há uma semana), ao fim do filme havia menos de 15 pessoas na sala. O que é ótimo, tendo em vista que não haviam risos ou choros impertinentes a cada 3 minutos.

Sobre o filme, considero que seja o melhor sob a direção do senhor David Yates, foi, no meu entender, o filme em que o diretor conseguiu ser mais fiel ao livro, o que definitivamente não aconteceu em A Ordem da Fênix e em O Enigma do Príncipe.

O clima sombrio e conflituoso conseguiu ser transposto do livro às telas. Não houve a perca de tempo com conflitos amorosos que houve na película anterior. Após ter assistido o filme, penso que seja mais fácil compreender porque razão ele foi dividido em duas partes, a menos que fosse lançado um único de 5 horas, a divisão se fez necessária.

Outro fato importantíssimo a ser destacado é a atuação de Emma Watson (Hermione Granger). Se a adaptação fosse fiel, como foi, era previsível que muito seria exigido dela. Foi um excelente teste para a atriz, que correspondeu com louvor.

Obviamente que há críticas a serem feitas, como todo fã exigente sempre faz, como leitor assíduo, sempre sente falta de algumas cenas, mas, no conjunto da obra o filme é ótimo, o melhor dirigido por Yates e talvez o melhor dos sete até agora exibidos, ainda empatado com O Prisioneiro de Azkaban.

Quem ainda não viu, pode ver, certamente não haverá decepção.

Outra recomendação, livro espetacular da Panini: http://www.livrariasaraiva.com.br/produto/3095439/harry-potter-magia-do-cinema/?ID=BB1783957DA0B1415070D1065

Nenhum comentário:

Postar um comentário

1. Seja polido;

2. Preze pela ortografia e gramática da sua língua-mãe.