sábado, 21 de janeiro de 2012

A brilhante figura de George Orwell



George Orwell (Eric Arthur Blair [Motihari, 25 de Junho de 1903 – Londres, 21 de Janeiro de 1950]), a despeito da idade de seus escritos, continua sendo uma excelente pedida para aqueles que desejam compreender melhor uma série de coisas:

- a verdadeira face da Revolução Russa.

- como alguém que viu o comunismo de dentro e não perdeu a faculdade da razão retatrou o mesmo. 

- a política atual do Brasil e de alguns lugares do mundo, com um Estado Soberano (Big Brother); o estabelecimento de uma novilíngua (politicamente correto tão apregoada pela esquerda e teorizado pela Escola de Frankfurt) e o duplipensar (defender uma teoria que entra em contradição com a sua prática, paralaxe cognitiva, dissonância cognitiva).

Muito ainda se discute sobre Orwell. Alguns fatos que pode trazer luz sobre o pensador:

Guardian publica lista elaborada por Orwell com comunistas britânicos para ser entregue ao serviço secreto inglês.

Mais informações sobre essa lista, e um trecho de seu original pode ser lida aqui.

Orwell, enquanto "agente inflitrado" entregou a comunistaiada toda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

1. Seja polido;

2. Preze pela ortografia e gramática da sua língua-mãe.