sábado, 3 de março de 2012

Rota de colisão entre governo brasileiro e FIFA. Será o projeto Colômbia 2.0??

Do blog do Juca Kfouri,


Atenção: podem estar querendo melar a Copa no Brasil

 

É sabido que a Fifa adoraria poder levar a Copa de 14 para a Inglaterra e parar de apanhar dos ingleses.

É sabido que Jérôme Valcke é parceiro de Ricardo Teixeira, a ponto de passarem férias juntos.

E que o secretário-geral da Fifa é pau para qualquer obra, até para ser condenado como foi pela Justiça da Suíça por litigância de má-fé, como foi no “caso Mastecard”.

A Fifa não dá ponto sem nó e não cometeria a indelicadeza que cometeu ao dizer que o Brasil precisa levar um pé na bunda para se mexer, por mais que saibamos que as coisas, de fato, estejam atrasadas por aqui.
Alguma coisa mais grave tem por trás de tal atropelo a um mínimo de diplomacia.

E  não restou outra atitude ao governo brasileiro que não a reação do ministro Aldo Rebelo, exigindo a troca do interlocutor.

Pode ser o começo do fim da Copa no Brasil, nessas alturas com prejuízos incalculáveis diante de tudo que já está, mesmo que atrasado, em andamento.

Teixeira certamente se diverte com isso tudo e, quem sabe, se apresente como salvador, como algodão entre cristais, para evitar a catástrofe.

Seja como for, esta não é uma guerra de luvas de pelica, mas de gangsters mesmo. 


Comentários do blogueiro:

Já superei essa fase e já perdi as esperanças da Copa de 2014 não acontecer no Brasil.

Para mim já é fato incontesto que Ricardo Teixeira já comprou o pacotão de 2014 há tempos, minha dúvida só continua sendo se o pacotão inclui ou não a SEXTA estrela sobre o brasão da CBF.

É sabido que uma única vez na história um país foi escolhido para ser a sede e deixou de sê-lo, foi a Colômbia em 86***. O discurso era que o dinheiro seria revertido para aquilo que de fato interessa para qualquer país, especialmente os de 3º mundo: educação, saúde, segurança etc. etc.

Não foi. E caso a Copa não ocorra no Brasil, por um lado, será bom porque muitos canalhas não terão a oportunidade de promover o maior roubo da história do Universo, por outro, esse dinheiro definitivamente NÃO será redirecionado para a estrutura do país.

Acho esse conflito entre FIFA e governo mais um não-me-rele-não-me-toque que qualquer outra coisa, é apenas a FIFA querendo que abramos as pernas de vez e aceitemos todas as imposições e o governo agora (tarde demais) querendo posar de bom moço preocupado com a nação.


*** Vídeo explicando o que aconteceu com a Copa da Colômbia: http://jovempan.uol.com.br/videos/o-dia-em-que-o-pais-desistiu-do-mundial-57202,1,0

Nenhum comentário:

Postar um comentário

1. Seja polido;

2. Preze pela ortografia e gramática da sua língua-mãe.