sábado, 26 de outubro de 2013

Como preparar seus alunos para o ENEM: na dúvida esquerde, na certeza também.

Por André,

Publico abaixo um trecho de um pequeno "guia" que ofereci aos meus alunos para se darem bem no ENEM. Os informes dos que já chegaram em casa confirma minha estratégia: o jeito é esquerdar como se não houvesse amanhã.

Outras dicas e regras:

Propostas e comentários politicamente incorretos podem ZERAR a redação. Não diga que bandido bom é bandido morto, não seja a favor da pena de morte ou da redução da maioridade penal, não ache que estão exagerando o debate sobre homofobia. MESMO que você tenha um argumento excelente, de colocar o Aristóteles no chinelo, pra defender essas ideias. SEJA POLITICAMENTE CORRETO (todos devem se amar e respeitar, ser salvos pela educação e pelos educadores etc). Disso decorre que o princípio de correção dos professores será os DIREITOS HUMANOS (lembrando: ninguém quer saber se você concorda com eles).

O relativismo cultural TAMBÉM deve ser respeitado: todas as culturas são lindas, iguais e merecem respeito (mesmo as que matam bebês, sancionam a pedofilia ou perseguem gays, ateus e apóstatas). Não existe esse negócio de cultura superior, tudo é relativo (menos a opinião de quem pensa assim, mas tudo bem). Concordando ou não com isso, respeite.

Critérios para a correção:

1 – respeito à norma culta da língua portuguesa.

A despeito das tentativas de regulamentar e idolatrar o estupro da nossa língua, AINDA é proibido escrever errado em redações oficiais. Atentem-se a acentos, vírgulas e concordância (erros mais comuns).

2 – Compreender a proposta da redação (seja coerente na abordagem, não faça propaganda das suas ideias, não fale de alho se a proposta fala em cebolas).

Aplicar conceito de várias áreas do conhecimento: relacione fatos do maior número de disciplinas possível. Se o tema fosse conflito na Síria, é possível dialogar com a História, Geografia, Filosofia, Sociologia e Direito.

Tudo isso num texto DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO: sem poemas, desenhos, narrações, receita de bolinho de chuva ou hino do Palmeiras (a prova é domingo, não segunda).

3 – Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Articule fatos e estatísticas aos argumentos desenvolvidos, normalmente todas essas informações constam na proposta.

4 – Demonstrar conhecimento dos mecanismo linguísticos necessários para a construção da argumentação.

O texto dissertativo precisa ser coerente, as partes do texto devem estar firmemente ligadas; seu texto não pode ser uma colcha de retalhos. Use “conectivos lógicos” para linkar as partes do seu texto. Ex: abra sua conclusão com um “Disso segue que...”, “Assim”, “Logo”, o uso desses conectivos mostra que as próximas afirmações seguem-se das anteriores.

O texto deve ser coeso (parágrafos ligados) e coerente (fixação à proposta).

5 – Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sem propostas clichés ou mirabolantes, saia do senso comum mas use o bom senso. SEJA POLITICAMENTE CORRETO: nada de matar bandido ou fazer piadinha com gays.

TEMAS POSSÍVEIS (O GLOBO):

1 Água e Sustentabilidade

2 Energia
[desde 2008 um tema ligado ao meio ambiente não cai no ENEM]
3 Manifestações populares

[o assunto estava fervendo quando estavam decidindo o tema da redação. Esqueçam tudo que eu já disse sobre, condenem a violência, mas digam que foi lindo e que o povo se manifestar é importante]

4 Relações trabalhistas no Brasil.

[PEC DAS DOMÉSTICAS – assunto estava fervendo na época, é local e politicamente correto – aposto boas fichas]

5 Supervalorização do corpo

6 Diversão e responsabilidade na juventude
[Boate Kiss, aconteceu no começo do ano]

7 Identidade do povo brasileiro
[Tema inédito. Copa vem aí. Esqueça o jeitinho, a picaretagem, futebol, praias e carnaval. Fale da hospitalidade, alegria e simpatia]

8 Participação social e trabalho voluntário

9 Julgamento do Mensalão
[Dançarei Pole Dance na escola se o tema for esse. Chance zero]

10 Mais Médicos
[Recente demais, porém politicamente correto. Falem bem do programa]

Sugestões do site “Universia”

*MOBILIDADE URBANA*
[Tema forte. Inédito. Pode ser relacionado à Copa – é a última chance de envolver a Copa numa redação de porte nacional]

A)     Maioridade Penal
[Tema bom para opinar, porém pode gerar muitas opiniões politicamente incorretas. Se cair, sejam contrários]

B)     Dimensão geopolítica no gerenciamento dos recursos hídricos em âmbito mundial
[abstrato e específico demais]

C)     Investimento em educação e saúde
[Abstrato e cliché demais]

D)     Mundial de 2014
[Possível, porém, se vier, virá atrelado a alguma outra discussão de porte – tipo mobilidade, impacto na economia etc]

E)      Homofobia
[Tema bom para opinar, porém pode gerar muitas opiniões politicamente incorretas. Se cair, sejam contrários]²

F)      Regulamentação do trabalho das domésticas
[PEC das domésticas. Tema provável]

G)     Espionagem norte-americana a dados brasileiros
[Bom tema, mas muito recente. Tem pretexto antiamericano, o que o governo adora, mas acho que ficará para uma próxima; saibam quem é Edward Snowden]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

1. Seja polido;

2. Preze pela ortografia e gramática da sua língua-mãe.