quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Infográfico mostra quais países tratam melhor seus trabalhadores

Por Portal Administradores,

Como os países tratam seus trabalhadores? Foi essa a pergunta levantada pela Human Capital Report, pesquisa divulgada nesta terça-feira (1º) pelo Fórum Econômico Mundial, que analisou 122 países. Foram levadas em conta como critérios de avaliação o desempenho de cada um em quatro áreas: educação, saúde, emprego e “ambiente favorável”. A Suíça ficou na primeira posição e o Yemen na última. O Brasil é o 57º.

De acordo com Saadia Zahidi, coordenador do grupo que conduziu a pesquisa, o estudo tem como objetivo traçar um panorama mundial do emprego e ajudar os países a identificarem as áreas em que precisam melhorar. As análises foram conduzidas em parceria com a consultoria Mercer e a Harvard School of Public Health.

Os países do norte europeu e americano, em geral, foram os mais bem avaliados. Já o Oriente Médio e a África abrigam o maior número de países que precisam avançar.

Brasil perde para o Chile, na América do Sul

 

Com sua 57ª posição, o Brasil é o segundo mais bem colocado da América do Sul. A liderança é do Chile, que aparece na 36ª colocação. Em geral, os países da América do Sul aparecem no nível intermediário da avaliação, que tem cinco estágios, do melhor ao pior avaliado. Apenas Bolívia, Paraguai, Venezuela e Suriname ficaram no quarto pior nível.

Países ricos não são, necessariamente, os mais atenciosos com os trabalhadores

 

Saadia Zahidi chama atenção para um ponto importante. Embora a maior parte dos países bem avaliados seja de nações ricas, isso não pode ser generalizado. Ele cita, por exemplo, a Rússia e o Kuwait, que, embora sejam potências econômicas, não foram bem avaliados. De toda forma, ele reforça a importância de se investir nos profissionais. “Os países que investem em capital humano estão mais preparados para prosperar. Isso cria um ciclo virtuoso”, destaca.

Veja abaixo o mapa completo. Para saber a posição de cada país, passe o mouse por cima do mapa.

[Confiram o infográfico no site, vale a pena]

Vejam quais países tratam melhor seus trabalhadores, vejam quantos são comunistas/socialistas. Do the math. De brinde descubra porque as revoluções não ocorreram nos países mais desenvolvidos (como previra Marx), mas nos mais miseráveis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

1. Seja polido;

2. Preze pela ortografia e gramática da sua língua-mãe.