terça-feira, 12 de novembro de 2013

O americano não conhece o Brasil. E os brasileiros?

Por André,

Vejam só o depoimento "engraçadíssimo" de uma mineira sobre sua estadia na América e sua surpresa com o pouco conhecimento do povo americano acerca do Brasil:


Isadora é mais uma daquelas adolescentes com necessidade de expressar sua revolta vazia na internet. É a idade dos protorrevolucionários, do imbecil juvenil ("O jovem só pode ser levado a sério quando fica velho. [...] O cretino fundamental é o jovem." Nelson Rodrigues).

Isadora ficou surpresa com o desconhecimento do americano sobre o Brasil. Esses vídeos evidenciam um fato interessante: e aquele papinho de esquizofrênico de que "todos amam e adoram o Brasil no exterior", de que não se fala mal do Brasil fora do Brasil e toda aquela retórica patriótica vazia? É preciso se decidir: ou os estrangeiros sabem tudo sobre o Brasil, por isso o adoram (ou pior ainda: adoram o Brasil porque nada sabem sobre ele) ou nada sabem sobre as terras tupiniquins e por isso devem ser objeto de nosso desprezo. 

Se o americano deve ser desprezado por não conhecer fatos geográficos sobre o Brasil e o brasileiro, deve ser o quê? Tanto por não saber fatos elementares sobre a geografia brasileira, mas mundial? Para ficar no básico: 50% dos brasileiros são incapazes do localizar o Brasil num mapa-múndi e outros 2% pensam que ele fica dentro da Argentina. Se o nível de conhecimento acerca da geografia nacional é esse, imagine do restante do globo?

O jornalista Guga Chacra elencou um quiz sobre a América (leve em conta o fato de que os EUA é o maior país do planeta - se poucos sabemos sobre ele, imagine sobre os demais...) que pode te ajudar a medir seus conhecimentos sobre o Brasil: Americanos não sabem nada sobre o Brasil? E quanto sabemos dos EUA?

Outra pergunta que tocará na ferida de muitos pseudopatriotas: é fato que os americanos não conhecem o Brasil, mas POR QUE deveriam?

É ruim que associem a imagem do Brasil ao carnaval, futebol e mulheres nuas? Talvez porque esses sejam nossos únicos produtos exportados em larga escala (literalmente - a estimativa atual é que haja 75 mil prostitutas brasileiras na Europa). Ademais: quantos brasileiros não associam a imagem da América a obesidade, Hollywood, McDonalds, Coca Cola etc? Será que a associação deixa os americanos felizes?

Malgrado uma recente relevância econômica (lanterninha dos BRICs), qual a significância do Brasil no contexto mundial? Quais os grandes filósofos? Grandes autores de literatura? Prêmios Nobel? Invenções tecnológicas?

Nulas até o presente momento.

Portanto, se nada sabemos até acerca da América, imagine do Uruguai, da Botsuana, de Luxemburgo ou das Ilhas Seichelles? Será que os habitantes desses países se incomodam com a ignorância mundial acerca deles? E você, sabe algo? Sabe algo da Lituânia? Aposto que não e os lituanos têm muito a se incomodar com isso, pois dão uma surra em muita república de bananas:


Qual a capital da Lituânia mesmo? Ahh... bem, reclamar com a mínima autoridade vai ficar para a próxima. Um abraço!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

1. Seja polido;

2. Preze pela ortografia e gramática da sua língua-mãe.