sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Descriminalização da pedofilia: próxima pauta da agenda progressista

Por WND,

Jeromi Corse assina artigo no site "WND" evidenciando como a próxima moda do discurso progressista será a relativização do conceito de "pedofilia": o termo passará a designar uma "orientação sexual" ("ahh, mas é apenas mais uma orientação sexual, guarde seu preconceito pra você) e não um comportamento sexual aprendido desde fora.

A matéria pegou alguns de surpresa, mas muitos já alertavam para o lobby pedófilo há algum tempo. E o que pode assustar alguns é que o modus operandi é o mesmo utilizado pela militância LGBT.

1. Criar um eufemismo ou um novo nome para a pedofilia, abandonando o termo desgastado. Estão tentando emplacar algo como "amor intergeracional".

2. Tirar toda a responsabilidade individual do pedófilo: "ah, ele não tem culpa de se sentir atraído por crianças."

3. Fabricar estudos embusteiros e falsos para convencer a comunidade acadêmica e os formadores de opinião que é algo relativamente comum, que há farto material comprovando que a pedofilia é uma característica humana e que só é condenada pelo moralismo irracional burguês e cristão.

4. A imprensa começa a abordar o assunto "sem preconceitos", entrevistando os defensores do assunto na academia apenas para "abrir a discussão".

5. Filmes e novelas começam também a abordar o assunto "sem moralismos" e "humanizando" os pedófilos.

6. O movimento ganha as ruas e é considerado uma forma de resistência contra a discriminação.

7. Políticos passam a ver ganhos na defesa do grupo e propõe legislações que aprovem a pedofilia como forma de "incluir socialmente" os pedófilos.

8. Livros didáticos produzidos por governos, segundo orientação da ONU, tratam a pedofilia positivamente e em histórias em quadrinhos simpáticas para as crianças.

9. Uma lei criminalizará os "pedofóbicos" como os que têm preconceitos contra os pedófilos e suas "formas de amar".

Esse é um processo que pode e tem que ser parado nos estágios iniciais, antes que seja tarde.

Referências:

Link: "PEDOPHILIA THE NEXT 'SEXUAL-RIGHTS' REVOLUTION?" http://www.wnd.com/2014/01/pedophilia-the-next-sexual-rights-revolution/

"Cem anos de pedofilia" (Olavo de Carvalho) http://www.olavodecarvalho.org/semana/04272002globo.htm

"Dawkins não vê problema na “leve pedofilia”. Eu vejo sérios problemas em Dawkins!" (Rodrigo Constantino) http://veja.abril.com.br/blog/rodrigo-constantino/cultura/dawkins-nao-ve-problema-na-leve-pedofilia-eu-vejo-serios-problemas-em-dawkins/

"A matemática da suruba" (Felipe Moura Brasil) http://veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil/2013/12/10/a-matematica-da-suruba/

"Acusado de estuprar três meninas de 12 anos é absolvido pelo STJ" http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/noticia/2012/03/acusado-de-estuprar-tres-meninas-de-12-anos-e-absolvido-pelo-stj.html

Se tiver estômago, leia:

"Amor e sexo entre pequenos e grandes" (Paulo Ghiraldelli) http://ghiraldelli.blogspot.com.br/2007/08/amor-e-sexo-entre-pequenos-e-grandes.html

Um comentário:

  1. Sobre o quinto tópico, há um filme produzido a alguns anos (mas que não cheguei a assistir) que parece tratar sobre essa "humanização" dos pedófilos. Se não me engano, aqui no Brasil, o nome ficou como "O Lenhador".

    ResponderExcluir

1. Seja polido;

2. Preze pela ortografia e gramática da sua língua-mãe.