quinta-feira, 3 de abril de 2014

Os EUA financiavam golpes? O mesmo vale para a URSS, mein camarade!

Por André,

Alguns vídeos na internet ajudam a atestar isso. E a URSS tinha interesses no Brasil também, tanto quanto os EUA. Ambos não influenciaram por questões meramente estratégicas, aquele pudesse e precisasse, teria feito sem maior remorso. Não deixe de apresentar essa fato aos contadores de história que postam chapeuzinhos vermelhos de um lado e lobos maus do outro.

Essa constatação também provoca uma reflexão acerca do imperialismo: potências querem expandir suas influências, territórios, parceiros etc. Como potências da época, EUA e URSS tentavam o feito, ambos ora tentando ora conseguindo, financiaram golpes (EUA) e guerrilheiros (URSS). Em resumo: nessa história não há santos ou heróis.

Alguns vídeos importantes sobre o tema:

O Brasil nos arquivos de espionagem da União Soviética:



Militantes confessam o treino em Cuba e China e os famosos "justiçamentos":



Estratégia soviética de derrota ao "grande inimigo":


Acerca dos justiçamentos, conforme postei hoje no Facebook:

Dos tribunais revolucionários da Revolução Francesa até os justiçamentos da guerrilha da década de 60 e 70, o que a esquerda faz de melhor é chamar os amigos de ontem inimigos de hoje e matá-los.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

1. Seja polido;

2. Preze pela ortografia e gramática da sua língua-mãe.