segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Professor Silvio Pons, autoridade em União Soviética, fala sobre o comunismo.

Por André,




“O comunismo gerou novas expectativas messiânicas e universais. Forneceu impulso e material para modelos de vida, identidades coletivas, ‘comunidades  imaginadas’. Alimentou novas formas de autoritarismo e violência de massas. Aplicou um paradigma extremo da modernidade, baseado na ideia unilinear do progresso, na fé em fins últimos da história, na visão classista da sociedade, no terror, na pedagogia de massas, na engenharia social, no plano como noção ordenadora do desenvolvimento” (Silvio Pons, professor titular da cadeira de História da Europa Oriental na Universitá di Roma II).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

1. Seja polido;

2. Preze pela ortografia e gramática da sua língua-mãe.