sábado, 20 de setembro de 2014

Flavio Morgenstern responde a Luciana Genro: "Carta aberta a Luciana Genro pt. 1: Eu aceito o desafio e estudei o socialismo"

Por Instituto Liberal,

O texto é excelente e relativamente longo, portanto, não reproduzirei aqui. Apenas comento com alguns spoilers sobre possíveis "réplicas" progressistas:

O texto  pode ser muito útil para quem honestamente está tentando entender essas questões, mas já tive as experiências necessárias para saber quais efeitos terá sobre os afetados:

- uns vão tergiversar se dizendo anarquistas (no que diz respeito às mazelas dos experimentos. Eles não têm nada a ver com isso porque "também" são "contra o Estado" (o próprio Marx o era, depois do Estado fortíssimo da ditadura do proletariado, o Estado se dissolveria, seria um item desnecessário).

- no que se refere (rs) às leituras reacionárias, fingirão intelectualismo olímpico porque são matreiramente incapazes de conceber a existência de vida inteligente que discorde deles próprios. Nunca leram e não pretendem porque supõem que se discordam deles, coisa boa não deve ser.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

1. Seja polido;

2. Preze pela ortografia e gramática da sua língua-mãe.