sábado, 30 de janeiro de 2016

Precisando renovar seu desprezo pela revolução e pelos revolucionários? Assista o filme "A Cidade Perdida"

Por André,


Está ficando "velho" e too soft com a revolução e revolucionários?

Assista o belíssimo filme "A cidade perdida" de e com Andy Garcia para repor todo seu maior e mais profundo desprezo (por alguns segundos eu pensei em dizer "ódio", mas o ódio pode e costuma ser irracional, então o mais apropriado é desprezo) por revolucionários e revoluções de toda sorte.

Além disso, o filme nos rememora um outro fato inevitável sobre as revoluções: elas são todas iguais! Todas dependem de uma massa de ingênuos rendidos a uma retórica sentimentalista (claro que de muitas armas e sangue também, mas confesso que não vejo a possibilidade de uma revolução sanguinária vingar sem o apoio formal de uma massa ignara).

Há dois tipos de apoiadores de revoluções: idiotas úteis e canalhas.

Che Guevara foi um boçal assassino e totalitário.

Todo revolucionário crê agir em nome de alguma "força maior" e inexoravelmente de acordo com a máxima "os fins justifica os meios".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

1. Seja polido;

2. Preze pela ortografia e gramática da sua língua-mãe.