sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Proposta de cursos

Por André,



Ontem levantei no Facebook uma bola sobre algo que já vinha fazendo minha cabeça há algum tempo e testei o público sobre a possibilidade: ministrar pequenos cursos, online, de caráter formativo e voltados para o público interessado e não necessariamente treinado (em Filosofia em especial e em Humanidades em geral). Os preços seriam módicos (não mais que 50 reais), variando apenas para a eventualidade de um curso mais extenso (para um possível início de atividades penso em cursos de 4 aulas).

Vou maturar a ideia antes que a coisa esfrie e dar um feedback para os vários (e excelentes!) amigos que se mostraram favoráveis à ideia.

Num primeiro momento, o que posso oferecer em termos de qualidade para os eventuais inscritos? De início é provável que as facilidades de pagamento sejam reduzidas (depósito/transferência e Paypal) e que alguma plataforma gratuita ou barata seja utilizada para as aulas. Porém, neste início, a coisa toda se focaria em:

- qualidade de conteúdo (comento mais a respeito de conteúdo na sequência);
- dedicação e atenção aos alunos;
- material escrito e esclarecimento de dúvidas.

Posso oferecer tudo isso pelo preço módico que tenho em mente e considerando que num primeiro momento não tenho dinheiro para investir e pagar alguma operadora de pagamentos e uma plataforma mais elaborada (porém, são coisas que, caso haja êxito no projeto, eu certamente investirei).

Pensei em, agora neste início de coisas, ministrar cursos formativos de história da Filosofia, sendo que o primeiro seria sobre os filósofos pré-socráticos e a Grécia como berço daquilo que hoje concebemos (e, por vezes, defendemos) como civilização ocidental (vira e mexe, aliás, aparece algum especialista alegando que a Filosofia não foi um "milagre grego", mas que teria surgido no oriente ou na África - o que reforça a importância de um curso com esta finalidade). Fazendo a ponte para um eventual curso sobre Sócrates.

Na minha postagem no Facebook muita gente me sugeriu um curso sobre Eric Voegelin, Mário Ferreira dos Santos etc. Embora eu ache a ideia muito empolgante, confesso que não é a minha intenção INICIAL, de início pretendo fazer algo que conjugue qualidade, acessibilidade e preço. Temas mais profundos requerem mais tempo, interesse mais específico, o que inevitavelmente levaria a preços um pouco maiores. É claro que fazer isso faz parte do meu rol de intenções, mas para o futuro próximo, conforme o interesse e demanda pelos cursos.

De início, embora tentador, não pretendo ministrar cursos sobre temas atualíssimos ou "conspiratórios" (com muitas aspas, uso o termo apenas para fins ilustrativos), visto que: há pessoas melhores que eu fazendo isso e porque creio que cursos formativos sejam tão urgentes quanto estes. Mas a hipótese não está descartada a priori, em havendo demanda tudo é possível.

Peço encarecidamente que os interessados respondam a este questionário:

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfIEricVssiF9Y6EXosWNm1JIVWQLSTNzern1hqGiPuSyo5Rg/viewform

Nenhum comentário:

Postar um comentário

1. Seja polido;

2. Preze pela ortografia e gramática da sua língua-mãe.